sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Papa diz que liberdade de expressão não dá o direito de insultar o próximo

O Papa Francisco defendeu o direito de expressão, mas disse ser errado provocar os outros ao insultar a religião alheia. Os comentários do pontífice foram feitos após o ataque à uma revista 'satírica' em Paris na semana passada. Para ilustrar seu ponto, Francisco disse a jornalistas no avião papal que seu assistente poderia esperar um soco se ele xingar sua mãe. "É normal. Você não deve provocar e não deve insultar a religião dos outros", disse ele. VEJA VÍDEO
video

Nenhum comentário: